Portal Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro
Página Principal » Graduação » Educação Física » Projetos e Ações do Curso

Projetos e Ações do Curso

PROJETO DE EXTENSÃO MOSTRA RESULTADOS

Nesta última semana alguns dos adolescentes que fazem parte do projeto de extensão denominado: APLICABILIDADE DO VOLEIBOL PARA A MELHORIA DA SAÚDE DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, participaram da Fase Municipal dos Jogos Escolares do Paraná. Apesar dos objetivos relacionados ao trabalho serem melhorar a saúde geral dos participantes, há ganhos em outros aspectos. O Colégio Estadual Padre Ponciano onde os mesmos estudam classificou-se em 3º lugar com as meninas e em 1º lugar com os meninos. Este projeto já está sendo desenvolvido pelo prof. Aluísio Menin Mendes, do Curso de Educação Física e tem como principal meta combater os efeitos do sedentarismo precoce através da prática esportiva regular.

unnamed01 unnamed1 unnamed2 unnamed4 unnamed6

 

PROFISSIONAIS DO ESPORTE MINISTRAM PALESTRA NO CURSO DE ED. FÍSICA

Nos dias 27 e 28 de abril o Curso de Educação Física, na disciplina de Treinamento Esportivo e Rendimento, que faz parte da grade do curso recebeu 4 profissionais especialistas na área para ministrar palestras aos acadêmicos do 7º período. Com muitos anos de experiência e trabalho dedicados ao desenvolvimento do esporte municipal puderam contribuir com sua experiência e conhecimentos. Os temas e os professores foram os seguintes:

–  Preparação de Atletas de Esportes Individuais – Prof. Beltior P. Menegusso;

– Pressão por Resultados no Esporte de Rendimento – Prof. André A. Bueno;

– A Técnica Mulher: Desafios e Conquistas – Profª Elizabete A. M. Dias; e

– Manutenção do Foco durante a Competição – Prof. Juscelino R. A. Sampaio.

Esta abertura proporcionada pelo pelo Coordenador do Curso de Educação Física, prof. Cezar G. Ribeiro, só vem a contribuir para a formação do nosso futuro profissional. Agradecemos mais uma vez aos professores que gentilmente dispuseram do seu tempo para mostrar que sem estudo, dedicação e entusiasmo não é possível realizar bons trabalhos no esporte.

edfísica edfisica1 edfísica2 edfisica3

 

 

PROJETO: MELHORIA DA SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA NO IFPR CÂMPUS PALMAS

Coordenador: Prof. Cezar Grontowski Ribeiro
Carga Horária Semanal: 8
Bolsistas PIBIC-FA : Aline Mati Shimosaka; David da Costa
Descrição:

Introdução: Considerando que “o prolongamento da vida é uma aspiração de qualquer sociedade, este somente pode ser considerado como uma real conquista na medida em que se agregue qualidade aos anos adicionais de vida” (VERAS, 2009, p. 549). Esse pensamento remete a necessidade de se realizar estudos que possam, ao mesmo tempo, fornecer subsídios para discussão de estratégias que permitam ao idoso permanecer ativo e independente, garantindo sua qualidade de vida. Objetivo: Verificar o nível de qualidade de vida em função da atividade física em diferentes públicos e faixas etárias. Metodologia: Pesquisa de cunho transversal e quantitativa, com idosos dos sexos masculino e feminino dos ambientes rural e urbano do município de Palmas/PR. São aplicados instrumentos visando determinar diferenças entre o meio rural e urbano no que se refere ao ambiente, sexo e condição econômica.

Apoio: PROEPI/IFPR e Fundação Araucária

 

PROJETO ATIVIDADES FÍSICAS AQUÁTICAS E MULHERES IDOSAS COM PROBLENMAS DE SONO

Coordenadora: Prof. Gesiliane Aparecida Lima Kreve

O projeto tem como tema “Atividades Físicas aquáticas e mulheres idosas com problemas de sono. Tem como objetivo, melhorar a qualidade do sono das idosas com   atividades físicas executadas na água. O trabalho será feito com um grupo de 40 indivíduos idosos do gênero feminino, com idade acima dos sessenta anos, residentes na cidade de Palmas – PR. A seleção do grupo foi feita depois de uma entrevista, na qual o objetivo seria conhecer os hábitos relacionados ao sono destes indivíduos. Aqueles que apresentaram problemas relacionados ao sono poderão participar das atividades na piscina.Todos  os selecionados deverão apresentaram condições razoáveis de saúde geral para participar da atividade física no meio aquático, sendo que devem ser previamente autorizados pelos seus médicos.  Os que na entrevista forem diagnosticados como portadores de distúrbios do sono foram qualificados para participarem da pesquisa. Este projeto  foi planejado para ser  realizado no período de março de 2013 a dezembro  de 2013, mas foi prorrogado até dezembro de 2015. Este trabalho foi  realizado através de estudos bibliográficos relacionados à atividade física e o sono. Foi aplicado um questionário para mensurar a qualidade de sono dos indivíduos. A partir da leitura de muitos textos, o referencial teórico foi estruturado de forma a apresentar conceitos e características do período de envelhecimento do ser humano, seguido  da importância da atividade física para os indivíduos idosos e por fim os problemas relacionados ao sono desta população. Busca-se encontrar resultados satisfatórios com as atividades físicas aplicadas na água, que possam melhorar a qualidade do sono das participantes do projeto.

 

Projeto de Extensão: Aplicabilidade do Voleibol para a Melhoria da Saúde da Criança e do Adolescente
Coordenador: Prof. Aluísio Menin Mendes
Colaborador: Prof. Márcio Flávio Ruaro

Resumo: Projeto desenvolvido com alunos e alunas entre 10 e 15 anos de idade no Colégio Est. Padre Ponciano, cujo objetivo busca melhorar índices relacionados a saúde geral dos mesmos. Ele se justifica em relação aos dados atuais sobre o sedentarismo, obesidade e distúrbios comportamentais como dificuldades de relacionamentos sociais, ansiedade e depressão que atingem a população cada vez em idade mais tenra. Duas vezes por semana, por 1:30 minutos estes jovens praticam e aprender o voleibol juntamente com atividades que buscam promover sua saúde geral sob a supervisão e orientação do coordenador do projeto.

 

Projeto de Pesquisa: Escola de Atletismo do Instituto Federal do Paraná – Campus Palmas
Acadêmicos participantes do Projeto: Selecionados pelo PBIS

Resumo: Projeto desenvolvido com alunos e alunas entre 10 e 15 anos de idade na Escola Estadual Monsenhor Eduardo, cujo objetivo busca manter e formar uma equipe de atletismo e proporcionar aos jovens mais uma opção de prática esportiva regular. Justifica-se pela futura implantação de uma pista oficial de atletismo no campus Palmas e a condição de oferecer a estes jovens um local específico para a prática desta modalidade esportiva. Durante 1 hora duas vezes por semana estes jovens realizam atividades práticas para o aprendizado das habilidades básicas do Atletismo.

 

PROJETO EXERCÍCIO COM OCLUSÃO VASCULAR ASSOCIADO AO TREINAMENTO DE FORÇA EM IDOSAS

Coordenador: Prof. Márcio Flávio Ruaro
Colaboradores: Profs. Cezar Grontowski Ribeiro; Gesiliane Aparecida Lima Kreve; Aluísio Menin Mendes.

O projeto de pesquisa intitulado exercício com oclusão vascular associado ao treinamento de força em idosas tem como principal objetivo analisar os efeitos da oclusão vascular imediatamente antes da sessão de treinamento de força em idosas sobre parâmetros fisiológicos, antropométricos e de desempenho. Este projeto faz parte do estudo final de dissertação do proponente da pesquisa no mestrado em Ciências da Saúde da UNOCHAPECÓ em Chapecó/SC. Objetivos específicos: Avaliar os níveis de cortisol (CORT) e hormônio do crescimento (GH), a pressão arterial (PA), frequência cardíaca (FC) e força dinâmica máxima em repouso, no início do treinamento, na fase intermediária (após oito semanas) e ao final do treinamento (16 semanas); Avaliar a composição corporal (percentual de gordura e massa livre de gordura), massa corporal, circunferências de cintura (CC) e quadril (CQ) e o índice de massa corporal (IMC) no início do treinamento, na fase intermediária (após oito semanas) e ao final do treinamento (16 semanas); Comparar os efeitos do treinamento de força precedido ou não por um exercício de força com oclusão vascular ou somente a oclusão, sobre os parâmetros fisiológicos, antropométricos e de desempenho em idosas. Metodologia: O estudo será desenvolvido a partir de pesquisa experimental. Thomas et al. (2001) caracterizam como experimental a pesquisa que busca estabelecer relações entre causa e efeito a partir da manipulação da variável independente, avaliando os efeitos desta sobre as variáveis dependentes, buscando explicações para as causas dos fenômenos e as formas como estes são produzidos. A amostra do presente estudo será constituída por 45 idosas selecionadas aleatoriamente. Para o desenvolvimento do estudo, os sujeitos serão divididos aleatoriamente em três grupos: Grupo de treinamento de força precedido de exercício de flexão de punho com oclusão vascular (TF + EO); Grupo de treinamento de força precedido oclusão vascular (TF + OV) e; o grupo que somente realizará o treinamento de força, denominado grupo controle (GC).

« « Sobre o Curso   2015 » »